Travesseiro perfeito, sono tranquilo e boa saúde

Preste atenção na posição em que você dorme para não fazer a compra errada.

Travesseiro Perfeito

Se uma noite de sono faz toda a diferença para a saúde, a escolha do travesseiro ideal é o primeiro passo para que o repouso seja calmo e revigorante. Alto, baixo, macio, firme, de espuma, com penas, de látex ou ortopédico? As opções são tantas que geram até confusão na hora da escolha. Mas não é só o conforto que deve interferir na decisão. A saúde da coluna é colocada à prova nessa hora.

Na hora de fazer a compra é preciso levar em consideração aspectos como a altura, o material de que é feito, a posição em que você dorme, além de características de seu biótipo, como peso e idade. “Não existe um travesseiro perfeito para todos os tipos físicos, e sim, modelos que se adaptam a necessidade de cada pessoa”, explica a fisioterapeuta Yeda Bellia.

Já as pessoas que sofrem com alergias respiratórias precisam ser ainda mais criteriosas. O ideal é tomar cuidado com o cheiro que alguns travesseiros exalam, pois eles podem desencadear processos alérgicos ou intensificar ainda mais os sintomas de quem já as tem.

Para que você possa escolher o tipo mais adequado as suas necessidades, colocamos a sua disposição os melhores tipos de travesseiros disponíveis no mercado.


Espessura

O importante é analisar a densidade do travesseiro para que a cabeça não afunde. Em geral, o travesseiro deve ser mais baixo para quem dorme com a barriga para cima ou mais alto para quem dorme de lado . Assim, cabeça e coluna se mantêm alinhados e o corpo fica relaxado. “A medida evita que ocorram problemas circulatórios ou compressões dos nervos, o que poderia ocasionar incômodos como torcicolo e formigamento, além de provocar uma tremenda insônia “, explica Yeda.

Travesseiros

Ortopédico

Chamado também de anatômico, é mais alto na parte superior, facilitando o encaixe adequado da cabeça. É mais indicado para quem dorme de lado ou apresenta problemas na coluna.

Pluma

A pluma de ganso é considerada um dos materiais mais nobres para o enchimento do travesseiro, já que deixa ele macio e também não permite que a estrutura fique deformada. No entanto, devem ser usados com precaução por quem sofre com alguma alergia.

Os travesseiros produzidos atualmente já são feitos com pluma esterilizada para evitar processos alérgicos, e através de estudos realizados na Nova Zelândia, foi comprovado como menos alérgico que os materiais sintéticos.

Siliconados

Os travesseiros siliconados tem o enchimento feito com fibra de poliéster e com tecido de revestimento que variam entre 100% algodão, mistos (poliéster com algodão) ou 100% poliéster. A vantagem deles é que são antialérgicos, mas, por outro lado, perdem densidade com muita facilidade.

Látex

Eles levam mais tempo para afundar com o peso da cabeça e ajudam a manter o corpo na posição correta na hora de dormir.

Látex


Quando se fala em qualidade do sono temos hoje diversos tecidos e produtos para o nosso deleite. Entenda e descubra o melhor tecido para você. Clique e Confira!

Fontes:
www.minhavida.com.br
Fotos:
Internet
www.naccache.com.br
www.google.com.br
 

Nenhum comentário ainda.

Adicionar um comentário

*